quinta-feira, dezembro 07, 2006

rapido e simples: annuals, be he me


"one can no longer let the choice of a style dictate musical creation. the musician must create new forms adapting those that best meet the musical technique of the time and the requirements of the era. it is the only way it has any true meaning", adaptado de um documentario que alguem estava a ver, que continuou: "music must become a true reflection of our times, expressing simplicity, a functional nature, and dare I say, even the military precision of modern life"

realmente gosto mesmo de discos de estreia. por certas razoes:
(1) geralmente os musicos sao novatos e ainda nao levaram com todos os a&r das editoras, os fas, os criticos de revista (enfim, todo o mundo) a dizerem-lhes que deviam fazer um album mais isto ou mais aquilo
(2) para alem disso, enquanto um segundo disco e feito a partir de musicas criadas num ano ou dois (aqui depende do contrato), o primeiro contem as musicas da vida anterior
(3) a falta de experiencia com as formas musicais tambem e algo importante. um artista inexperiente, devido a falta de tecnica musical, contorna os seus problemas de outras formas, isto e, reconhecendo os requisitos necessarios da musica da sua era. depois, apenas aponta para os minimos que geralmente sao suficientes
(4) a inexistencia de qualquer pretenciosismo tambem ajuda. mais, o amor a camisola com que se comeca. e ainda, o objectivo que se pretende alcancar e o sitio onde se tenta chegar. "nothing can be beautiful if it's not functional." apenas desta forma o acto de criacao e valido e se obtem o tal true meaning

concluo com umas musicas do disco de estreia dos annuals, be he me:
#1 brother (optima)
#2 dry clothes
#3 complete or completing (igualmente boa)
#4 carry around (com um refrao catchy)
#6 bleary-eyed (solo de guitarra extremamente simples, funcional e belo)
#10 ida, my
#11 father (a melhor do disco, indiponivel)

3 adendas

Blogger filipa disse...

os anuais sao bons sim senhor.
e viva o otto wagner!

8/12/06 12:15 da manhã  
Blogger ana disse...

Gosto bastante deste "be he me", boa estreia.

Linkei "o meu querido ipod nano" no meu blog, gosto sempre do que vejo aqui.

9/12/06 4:07 da tarde  
Blogger joao disse...

ana, obrigado pela ajuda na divulgacao e tomo a liberdade de fazer o mesmo

13/12/06 12:55 da manhã